Páginas

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Atividade de sondagem

Com base no seu conhecimento concernente aos gêneros textuais como o e-mail,carta,narração,descrição,dissertação,etc,leia com muita atenção os textos de 1 a 4 e classifique cada um,descrevendo suas características que justificam seu gênero. (Escrever em forma de redação)
Texto 1.
"A pequena casa velha, verde, estava perdida no meio da colina, escondida por árvores centenárias. Tinha grande parte das madeiras de suas paredes apo¬drecida - o telhado, metade desabara; a outra metade permanecia, ainda,presa não se sabe como. Em seu interior não havia móveis - o último habitante com certeza, levara tudo. Apenas, no chão, uma mistura de barro e folhas seculares já apodrecidas, exalando um odor nada agradável. As paredes estavam revestidas de teias de aranhas, cena bem familiar de filmes de terror.
(SALIBA,Marco. Minimanual de Pesquisa: Interpretação de textos.Redação.2.ed.Uberlândia:Claranto Editora,2004).
Texto 2:
"Logo que colocou os objetos embaixo da carteira, Pitu encontrou um bilhete. Leu, ficou vermelho, colocou no bolso, não mostrou pra ninguém. De vez em quando, mordia-lhe uma curiosidade grande, uma vontade de reler pra ter certeza. Era uma revelação que ele não estava esperando. Não podia dizer que estivesse achando ruim, pelo contrário... Ele estava com vontade de olhar pra trás,para as últimas carteiras, e procurar uma resposta com o olhar. Era um tímido e não se encorajava. A professora explicava num mapa as regiões do t Brasil e ele viajava em rumo diferente.
Ainda bem que ela não estava olhando pra ele, nem fazendo perguntas, só estava expondo a matéria. Na hora da verificação, acabaria saindo-se mal. Não gostava de ignorar as coisas perguntadas. Só não se saía muito bem quando se tratava de fazer contas de números fracionários. A professora mesma dizia-lhe que em Português e matéria de leitura e entendimento ele se saía bem; em poesias românticas, em música sentimental. Estava meio perdido nos pensamen¬tos confusos. O bilhete queimando no bolso. Uma vontade de relê-lo, palavra por palavra. Interessante, não era um bilhete bem escrito, tinha até erro de Português - por que a curiosidade? Só ele sabia dele, não foi como no dia do correio-elegante, pai, mãe e seu Francisco do armazém querendo saber, dando palpites. Agora, tinha um bilhete e era diferente. Tinha um bilhete que trazia uma declaração de amor e uma assinatura. Trazia mais: trazia um convite para um bate-papo na praça, às duas horas, se ele quisesse namorar de verdade.
Marina era bonitinha, ele queria. Faltava-lhe jeito de dizer, tinha que escrever um bilhetinho respondendo, era mais fácil. No intervalo, escreveu o bilhete, fechado no banheiro.
Quando ela chegou, a resposta a esperava na carteira. Quase no fim da (aula, ele criou força e olhou pra trás. Marina sorria, confirmando. Ele sorria também. Diversas vezes, ele olhou pra trás e a encontrou olhando. Trocaram sorrisos e olhares. Os dois estavam vivendo uma ternura primeira e não sabiam escondê-la mais. Tanto assim que a professora pediu que virasse para frente, observasse o que ela estava pedindo pra pesquisa do fim de semana. Naquele fim de semana, ele iria pesquisar alguma coisa nova que não tinha experimen¬tado, como alguns outros de sua idade e turma."

(E lias José) (SALIBA,Marco. Minimanual de Pesquisa: Interpretação de textos.Redação.2.ed.Uberlândia:Claranto Editora,2004).

Texto3:
2ª etapa do Sisu tem mais de 550 mil inscritos (DA SUCURSAL DE BRASÍLIA)
O MEC registrou 550.972 inscritos na segunda etapa do Sisu, Sistema de Seleção Unificada, que seleciona alunos que fizeram o Enem para vagas nas instituições federais.Segundo balanço, o curso com maior número de candidatos inscritos foi o bacharelado em ciência e tecnologia da Universidade Federal do ABC. Um total de 11.919 alunos candidataram-se aos 671 postos.Na segunda fase se inscreveram alunos que não garantiram vaga nas 51 instituições de ensino superior na primeira etapa -60% das vagas não foram preenchidas.
Disponivel em: < http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff2202201016.htm>.Acesso em: 22 fev.2010.
Texto 4:
Litoral sem deslizamentos
A EXPERIÊNCIA de repetidas tragédias provocadas pelas chuvas e a falta de medidas que ultrapassem as reações de ocasião sugerem que muitos mandatários brasileiros não só têm memória curta como escassa capacidade de planejamento. O horizonte de gestão de prefeitos, governadores e presidentes muitas vezes parece não ir além de alguns meses.
Por isso mesmo deve ser estimulada e acompanhada a decisão do governo de São Paulo de combater as ocupações irregulares na serra do Mar, no litoral do Estado. Estudos preliminares, divulgados pelo jornal "Valor Econômico", preveem a remoção de 4.000 famílias de áreas ilegais e de risco, além da regularização de 12 mil moradias no entorno do parque estadual que protege o bioma litorâneo.
Invasões desse tipo colocam em risco a vida das próprias famílias transgressoras. Contribuem para o desmatamento e facilitam a ocorrência de deslizamentos de terra, como os que mataram mais de 50 pessoas em Angra dos Reis (RJ) neste ano.
Acresce que já se prevê, para a Baixada Santista e o litoral norte, uma expansão demográfica acima da média do Estado nos próximos anos. Investimentos induzidos pela exploração do petróleo do pré-sal e pelo impulso da atividade portuária devem atrair grande contingente de pessoas para cidades como Santos e São Sebastião.
Cumpre evitar que, mais uma vez, o crescimento econômico desordenado avance sobre áreas naturais preservadas e coloque em risco a vida de milhares de brasileiros. É de esperar que o governo estadual realmente faça o que está prometendo e que suas ações sejam acompanhadas e apoiadas pelas prefeituras.
Disponivel em: < http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz2202201002.htm>.Acesso em: 22 fev. 2010.
Visite meus blogs , twitter e site: http://www.eliorefecruzlima.blogspot.com / http://eliorefecruz.zip.net / http://twitter.com/Eliorefe / http://eli39.sites.uol.com.br/ e-mail: eli39@uol.com.br / E-mail e MNS: eli3964@hotmail.com .

Nenhum comentário: